Seu negócio está dando lucro? Veja algumas dicas para saber se você está ganhando ou perdendo dinheiro

staples1
Empreendedorismo | 8 de novembro de 2016 |

Empreender com sucesso vai muito além de ter uma boa ideia, encontrar um nicho interessante para ela e colocar em prática o plano. Se estamos falando de comércio então, é fácil você se pegar despreparado e lidar com as finanças de seu negócio apenas na base da intuição, fazendo o que parece ser certo em diversas etapas do processo.

Sabendo da importância de se identificar gastos, receita e entender o fluxo financeiro de seu empreendimento, trazemos abaixo algumas dicas para que você esteja completamente ciente se sua empresa está dando lucro ou não.

Organizando as despesas

O primeiro passo é descobrir o quanto sua operação custa. Organizar é essencial para saber o quanto entra e sai de sua empresa, e você não precisa de algum software sofisticado para isso. O bom e velho Excel dá conta do recado, possibilitando o controle de entrada e saída de dinheiro do caixa e de movimentações como despesas, receitas, contas a pagar, a receber etc.

Leve em consideração absolutamente todos os gastos e fique atento também na categorização. Se seu negócio conta com uma loja física e outra virtual, por exemplo, é fácil negligenciar os gastos da segunda. Imaginando que alguns dos funcionários que trabalham na física passem, digamos, 25% de seu expediente empenhados em tarefas relacionadas à virtual, considere 25% do salário deles também um gasto da loja virtual.

Saiba diferenciar os custos

Entender a diferença entre despesas fixas e variáveis e separá-las é imprescindível, assim como saber diferenciar custo de investimento. Um gasto com marketing, por exemplo, é um custo apenas quando não dá retorno. Contanto que garanta vendas, atraia novos clientes e impulsione seu negócio, é um investimento – e dos mais importantes.

A categorização, mais do que uma ferramenta de organização, também auxilia na tomada de decisões, facilitando a identificação da possibilidade de se fazer investimentos ou não com base no orçamento.

Não se guie apenas pelo faturamento

Vender bem no mês não é o mais importante do aspecto financeiro de uma loja. Mais do que comercializar, trata-se também de receber bem. Ou seja, ficar de olho nos seus gastos também na hora da venda, incluindo na conta os clientes inadimplentes, as taxas de frete ou de cartão de crédito, entre outros. Fique atento ao quanto está entrando no caixa e, de fato, permanecendo lá.

Qual a participação de cada produto nas suas receitas?

Não torne a reposição de estoque um processo automático. Ao registrar suas vendas, faça as contas da participação de cada produto nas suas receitas. Isso te dá a chance de ver quais realmente trazem retorno e quais acabam apenas ocupando espaço no estoque. Saber calcular a margem de lucro na venda desses produtos também é importante. Inclua custos de armazenamento, frete e pós-venda na conta, por exemplo, não se limitando apenas à diferença entre os valores de compra e de venda.

Continuar Lendo

Recomendados para você

Comentários

Newsletter
Carregando...