Qual a diferença entre pilhas alcalinas e comuns?

qual-a-diferenca-entre-pilhas-alcalinas-e-comuns

As pilhas são muito utilizadas no dia a dia para dar energia aos mais diversos objetos, como brinquedos, controle remoto, balanças e relógios. Elas fazem com que muitos eletrônicos fiquem independentes da tomada, já que transformam energia química em energia elétrica.

Mas, como tudo, elas não duram para sempre. A energia armazenada tem uma vida útil e, com o uso, as pilhas ficam fracas e precisam ser trocadas. Existem hoje diversos tipos: as comuns, alcalinas e recarregáveis. Estas últimas têm ganhado mercado por ter mais durabilidade. Mas afinal, no nosso dia a dia, qual a mais indicada?

Diferenças entre pilhas comuns e alcalinas
Elas aparecem muito na rotina, e nós acabamos não percebendo. Na hora de comprá-las, é preciso levar em conta a sua durabilidade e o objeto que precisa de energia.

Como as pilhas alcalinas duram mais do que as comuns, elas são mais indicadas para serem utilizadas em itens que necessitam de energia por mais tempo, como brinquedos eletrônicos e controles de videogame.

Já as pilhas comuns, por terem uma vida útil menor, são indicadas para dar energia a itens que não fazem uso ininterrupto da carga, como controles remotos, despertadores eletrônicos e balanças.

As pilhas possuem diferenças quanto ao tempo duração por conta de sua composição química. Elas são compostas por dois polos opostos – o positivo e o negativo – e um condutor no meio que possibilita que os químicos reajam entre si.

O que faz a pilha alcalina durar mais do que a pilha comum é o material utilizado na fabricação do condutor. Na pilha comum, o material é o dióxido de amônio. Já na alcalina, o condutor é feito de hidróxido de potássio. A disponibilidade mais escassa desse composto químico também explica o preço mais alto das pilhas alcalinas.

 

 

Continuar Lendo

Recomendados para você

Comentários

Newsletter
Carregando...