Estes sites de crowdfunding vão te ajudar a tirar a sua ideia do papel

apps-crowdfunding
Empreendedorismo, Tecnologia | 3 de novembro de 2016 |

O mercado de crowdfunding está em crescente constante, partindo de US$ 6 bilhões movimentados em 2013 para mais de US$ 34 bilhões no ano passado. A previsão é de que esses números sigam crescendo, com ideais saindo do papel, projetos sociais ganhando vida e ideias inovadoras ganhando espaço graças ao financiamento coletivo.

Se sua ideia se encaixa em algum modelo atrativo para o público nas redes, confira cinco sites de crowdfunding em que você pode dar o pontapé inicial para o seu projeto.

Kickante

Um dos maiores sites de financiamento coletivo do Brasil, o Kickante conta com um leque diversificado de projetos. Desde empreendimentos artísticos pessoas a campanhas de grandes organizações, como o Greenpeace. Projetos de empreendedores e produtos como a própria recompensa também têm seu espaço. O Kickante conta com duas formas de financiamento: o “tudo ou nada”, em que você só recebe o dinheiro se a meta estabelecida for alcançada, e o flexível, em que fica com o valor arrecadado, ainda que se não tiver chegado ao pretendido. No primeiro caso, o site fica com 12% do arrecadado, enquanto o segundo tem uma taxa de 17,5%.

Catarse

Criado em 2011, o Catarse foi a primeira plataforma de crowdfunding do Brasil. Financiou, desde então, mais de 3.300 projetos. O site é composto principalmente por campanhas relacionadas à ciência e à tecnologia, assim como por projetos culturais. As modalidades de financiamento, assim como no Kickante, são de tudo ou nada e flexível, e a taxa que fica para a plataforma é de 13%.

Benfeitoria

Como o próprio nome sugere, o Benfeitoria é focado para projetos que gerem algum impacto social, cultural, ambiental ou econômico na vida das pessoas. Os modelos de arrecadação são um pouco mais criativos e amplos que os últimos dois sites. Além do “tudo ou nada”, outras modalidades são o financiamento recorrente, com colaborações mensais para um projeto, e o financiamento turbinado, em que o projeto recebe uma ajuda extra, por meio de divulgação. Embora não haja taxa, o Benfeitoria repassa os custos das transações, em torno de 4%.

Idea.me

Direcionado para o mercado latino-americano, o Idea.me conta com dois modelos de arrecadação, o “tudo ou nada” e o flexível. Diferentemente do caso dos sites anteriores, aqui você precisará passar pelo crivo da equipe da página, que avaliará o seu projeto antes de aprová-lo. A taxa do site é de 10%, além da referente às transações financeiras pelo PayPal (4,5%), e dos impostos. Se, por um lado, todos esses tributos não parecem tão convidativos, por outro o seu projeto estará exposto para pessoas de sete países diferentes: além do Brasil, o site está disponível em Argentina, Chile, Colômbia, México, Estados Unidos e Uruguai.

Start Me Up

O Start Me Up não entra exatamente no mesmo conceito dos sites acima. Trata-se de uma plataforma de equity crowdfunding, modelo para o financiamento de negócios inovadores em que o investidor recebe, em vez de recompensas tradicionais, uma participação acionária ou um título de dívida da empresa, conversível em ações da empresa apoiada. As taxas de transação financeira ficam por conta do investidor, enquanto o empreendedor paga o tributo de 13% ao site.

Continuar Lendo

Recomendados para você

Comentários

Newsletter
Carregando...