Como traçar metas realistas para alavancar sua carreira em 2017

staples-17
Vida profissional | 8 de dezembro de 2016 |

O período de transição entre um ano e outro, além de festas, é marcado por planejamento e estabelecimento de metas, sejam elas pessoais ou profissionais. Observamos aquilo com que não estamos satisfeitos em nossas vidas e definimos objetivos para mudar essas situações. Embora isso seja positivo e até mesmo necessário para direcionarmos nossas carreiras, as chances de criarmos uma armadilha para nós mesmos com metas inalcançáveis podem ser grandes.

Consequentemente, a frustração ao ver que, com o passar dos meses esses objetivos megalomaníacos não foram alcançados pode ser acachapante e prejudicar ainda mais nossa vida profissional. Portanto, é importante que essas metas sejam saudáveis e tangíveis, garantindo algum progresso, sem enorme dor de cabeça. E, para isso, existem alguns passos conhecidos a se dar.

A primeira coisa é se assegurar de ter foco. De nada adianta atirar para todos os lados, estabelecendo metas dificílimas para diversas esferas da sua vida profissional e pessoal – ou dentro de sua empresa. Dependendo do tamanho do desafio, o processo demandará muito esforço, que, se dividido em muitas frentes, pode acabar não sendo suficiente para nenhuma delas.

Defina um objetivo claro. Saiba aonde você quer chegar, entenda por que será importante para a sua carreira, pois isso ajuda na lembrança constante da importância daquilo que você está fazendo. Quanto mais específico for seu objetivo, mais fácil de ser definido, maiores serão suas chances de alcançá-lo. Em vez de, por exemplo, determinar que será uma pessoa mais eficiente no escritório em 2017, defina por meio de que hábitos você fará isso.

Essa especificação também é ponto essencial se você determinar metas grandes para o ano. Neste caso, quebrando este grande objetivo em vários pequenos objetivos a serem alcançados ao longo de 12 meses. Às vezes, um plano muito ambicioso pode parecer até mesmo intangível, mas, dividido em outros menores, que possam ser facilmente visualizados, a tarefa vai se tornando mais real.

Costumamos superestimar o quanto podemos mudar em um dia, uma semana, e subestimar o quanto podemos fazê-lo em um ano. Traçar objetivos com inteligência, planos de ação e foco são essenciais para tornar realidade metas inicialmente delicadas. Fixe metas realistas, que te façam se mexer, em vez daquelas megalomaníacas que tudo o que fazem é paralisar a vida profissional, gerando uma bola de neve de hesitação e inércia.

Continuar Lendo

Recomendados para você

Comentários

Newsletter
Carregando...