Antes das férias, a chave é agir de forma colaborativa

Colaborativo_equipe
Vida profissional | 3 de julho de 2015 |

Com o fim do primeiro semestre, a única coisa que muita gente pensa é nas férias de julho. Tema comum nas rápidas conversas de elevador, a crise conseguiu deixar o clima mais turbulento e serviu também para elevar o nível de estresse a patamares que há muito tempo não se via.

Como todo mundo sempre tem algo a resolver nesses primeiros dias do mês e não há como conseguir férias eternas, o melhor a fazer é não prejudicar o time. Aquele que sabe trabalhar em equipe tem a completa noção de que não é o único a tirar dias de descanso e percebe no clima do escritório que a ansiedade é geral.

Nessas horas, a receita é atuar colaborativamente.  E não há nada mais justo que deixar uma lista de orientações para todas as tarefas a serem cumpridas. Isso é bastante útil porque não dá para esperar que aquele amigo da sala de coffee break saiba lidar da mesma maneira que você com a ligação do cliente X esperando resolver um problema Y.

Uma vez decidido quem assumirá suas tarefas momentaneamente, dedique algum tempo para uma conversa tanto com essas pessoas quanto com seu chefe. Quanto mais bem preparado seu colegas estiverem, mais fácil será sua virada de chave para o “modo descanso”.

Outra maneira de ajudar quem continuará na linha de frente é dar uma boa organizada na mesa. Não há nada mais depressivo do que voltar e dar de cara com aquela pilha de papel cobrindo todas as suas coisas. A Staples tem as caixas que você precisa para organizar relatórios ou ainda as fragmentadoras para ajudar na hora de se livrar de arquivos sigilosos com responsabilidade. Além de tornar o ambiente mais amigável, medidas como essa permitem aos colegas achar com facilidade aquelas informações que até outro dia só você sabia onde estavam.

Apesar de não ser necessário alertar os 20 andares do prédio sobre seus planos de conhecer um destino paradisíaco no Caribe, é de bom tom colocar aquela mensagem automática de “fora do escritório até…” no email. Ao dar esse recado simples (e valioso) tanto aos colegas quanto aos clientes,  você mesmo tem a ganhar, uma vez que o número de demandas a serem resolvidas no seu retorno pode ser diminuído consideravelmente.

E como a primeira semana pós-férias é sempre pesada, tente agendar a volta para uma quarta-feira, por exemplo, ao invés de uma segunda-feira.  Isso o ajudará a retomar o ritmo aos poucos e conseguir superar a avalanche trazida por cinco dias alucinantes de trabalho.

Continuar Lendo

Recomendados para você

Comentários

Newsletter
Carregando...