Açúcar ou adoçante: qual a melhor escolha?

CAPA AÇUCAR ADOÇANTE
Produtos do seu jeito | 13 de junho de 2016 |

Seja para adoçar o cafezinho ou suco, a dúvida entre optar pelo açúcar ou adoçante faz com que muitas pessoas utilizem a quantidade errada desses ingredientes para adoçar os alimentos e bebidas. Diversas pessoas consideram o adoçante uma alternativa inteligente e saudável para substituir o açúcar e auxiliar na perda de peso. Mas nem sempre isso é verdade.

O adoçante é um composto de edulcorantes, substâncias com altíssima capacidade de adoçar, podendo ser dezenas de vezes mais doce que o açúcar em si. A indicação da adição de adoçantes costuma ser feita para pessoas que apresentam patologias que restringem ou até proíbem o consumo de açúcar, como é o caso dos diabéticos. Um estudo da Universidade de Purdue, em Indiana comprova que quando ingerimos os adoçantes artificiais, nosso organismo se prepara para metabolizar as calorias do açúcar, mas como a sacarina não possui nutrientes, a tendência do nosso corpo é solicitá-los por meio da vontade de consumir alimentos altamente calóricos. No entanto, é bastante comum que mesmo as pessoas que não apresentam qualquer problema nesse sentido, consumam adoçantes e produtos diets, buscando uma melhor qualidade de vida e manutenção do peso, mas isso só ocorre quando o adoçante é consumido numa quantidade certa.

O mesmo para o açúcar, já que ele é o responsável pelo fornecimento de glicose para o corpo, que é essencial para o funcionamento do cérebro, retina e rins. Isso quando é consumido moderadamente, mesmo que não há uma quantidade exata e ideal para ser consumida por dia, ou seja, temos que prestar bem atenção para não exagerar na dose de açúcar.

Como pontos negativos do consumo excessivo de açúcares refinados está o aumento de casos de hiperatividade, acúmulo de gordura no corpo, aumento da oleosidade da pele e, claro, aumento nas chances de desenvolver diabetes. Isso porque durante o processo de refinamento, os nutrientes, fibras, sais minerais e proteínas são perdidos, tornando o açúcar um alimento extremamente calórico e pouco funcional.

Mas por que nós gostamos tanto de açúcar e sentimos necessidade de consumi-lo?

Continuar Lendo

Recomendados para você

Comentários

Newsletter
Carregando...